Casos de coronavírus na região aumentam e prefeitura suspende flexibilização de quinta a domingo

Preocupada com o aumento da taxa de ocupação dos leitos hospitalares da Santa Casa de Tupã, que atende pacientes de várias cidades da nossa microrregião, a prefeitura de Tupã estará suspendendo a flexibilização neste feriado prolongado como medida de contenção.

A proposta do Sindicato do Comércio Varejista era de aproveitar o feriado de Corpus Christi, nesta quinta-feira (11/06), e fazer a compensação da folga que os funcionários do comércio tiveram no carnaval. Dessa forma, o comércio pretendia funcionar das 9h às 15h e no sábado (13/06) também até 15h.

Entretanto, o aumento do número de pacientes confirmados e suspeitos de Coronavírus provenientes da microrregião e que são atendidos em Tupã, elevou a ocupação hospitalar da UTI da Santa Casa de 10% para 40% e da ocupação dos leitos da Enfermaria de 40% para 60%, fazendo com que o Comitê Municipal de Enfrentamento ao Covid em Tupã e o prefeito Caio Aoqui decidissem suspender a flexibilização controlada até o domingo (14/06).

Caio reforçou que números isolados do município de Tupã continuam controlados, já que o número de tupãenses na UTI é de 10% do total e nos leitos de enfermaria é de apenas 15%, mantendo a média. A preocupação é com relação aos casos que de outras que são atendidos em Tupã. “Não podemos ignorar os números acumulados com pacientes da microrregião que levam para uma média de 50% de ocupação, por isso estamos adotando uma medida mais drástica para evitar o colapso da nossa rede hospitalar”, explicou Caio.

Para evitar o agravamento da situação, o prefeito Caio Aoqui, acompanhado do presidente da Câmara Municipal, Pastor Eliézer de Carvalho; do presidente do Sincomércio, Milton Zamora e dos secretários municipais de Saúde, Miguel de Marchi e de Assuntos Jurídicos, João José Pinto, apresentou o decreto nº 8.789, que disciplina o fechamento do comércio de quinta a domingo.

De acordo com o decreto nesta quinta-feira (feriado) estarão fechados o comércio em geral, setor de serviços, supermercados, açougues, restaurantes, bares, feiras-livres, igrejas, lojas de materiais de construção, óticas, academias, salões de beleza, clínicas estéticas, entre outros, além de outras atividades definidas como essenciais nos decretos estadual e federal. Só poderão funcionar neste dia, farmácias, postos de combustível e restaurante apenas no sistema delivery.

Já no período de sexta a domingo poderão funcionar, além das farmácias e postos, somente consultórios médicos, lotéricas, supermercados, açougue e panificadoras. Restaurantes e lojas de conveniência também estão autorizados o funcionamento apenas na modalidade delivery. As demais atividades permanecem suspensas. O decreto estabelece ainda que o sistema drive thru (retirada no local), está proibido durante todo o período.

            A prefeitura reforça ainda que a realização de eventos particulares no município continua proibida por prazo indeterminado, com exceção das reuniões familiares e em número reduzido de pessoas.

Por outro lado, são considerados eventos particulares proibidos, a reunião de pessoas com objetivos institucionais, comunitários, recreativos, comerciais ou promocionais, em área urbana ou rural, inclusive chácaras, sítios e fazendas. Vale ressaltar que tanto os proprietários dos espaços quanto os realizadores de eventos clandestinos estão sujeitos às penalidades previstas.

Segundo Caio, ao prolongar o feriado desta quinta-feira a prefeitura pretende evitar o comprometimento da capacidade de atendimento da Santa Casa, causado principalmente pelo aumento dos casos de Coronavírus nas cidades da região, que são encaminhados e tratados em Tupã.

“O aumento de casos de COVID-19 nas cidades da região que utilizam o sistema de saúde de Tupã infelizmente elevou a taxa de ocupação dos leitos hospitalares uma média de 50%, o que nos obriga a tomar medidas preventivas. Por isso vamos aproveitar o feriado desta quinta-feira para suspender as atividades comerciais até domingo na expectativa de evitar o surgimento de novos casos e assim desafogar nossa rede hospitalar”, explicou.

Essas medidas estão embasadas na decisão do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, que autorizou o município de Tupã a disciplinar o retorno da atividade econômica local, desde que sejam mantidas as medidas sanitárias de bloqueio da pandemia e a capacidade de atendimento do sistema de saúde local em eventual aumento dos casos suspeitos ou confirmados da doença.

Segundo o prefeito, além de possibilitar a reabertura do comércio, a decisão do TJ garante autonomia ao município para retornar ao modelo de isolamento social se houver aumento de casos da doença ou a ocupação de 50% dos leitos disponíveis na rede hospitalar.

“Como verificamos o aumento de casos suspeitos e confirmados da doença e principalmente, o crescimento da taxa de ocupação dos leitos na Santa Casa, que também está atendendo pacientes de Covid-19 de várias cidades da região, temos que tomar essas medidas para evitar que a doença saia do controle ou que comprometa a capacidade de atendimento da nossa rede hospitalar”, explicou.

Após o período de suspensão, o comércio e demais atividades poderão retornar com a flexibilização controlada normalmente na próxima segunda-feira (15/05).

 

Mobilização regional

 

Além de suspender a flexibilização do comércio de quinta a domingo o prefeito Caio Aoqui convidou os prefeitos que fazem divisa com Tupã para uma reunião que ocorreu nesta segunda-feira (8), que contou com a participação da prefeita de Arco-Íris, Ana Serafim; de Queiroz, Ana Virtudes Miron Soler “Tuti”; de Iacri, Carlos Alberto Freire; e de Rinópolis, José Ferreira de Oliveira Neto e representantes do prefeito de Herculândia.

Na reunião o prefeito Caio propôs uma atitude conjunta em benefício da microrregião que é atendida pela Santa Casa de Tupã, além de editarem decretos no mesmo sentido que Tupã, e também com o objetivo de implantar uma “Barreira Sanitária Regional” onde todas as cidades da nossa microrregião adotariam o modelo aplicado em Tupã para controlar o fluxo e entrada de visitantes.

As propostas foram acatadas por todos os presentes e a Barreira Sanitária Regional será iniciada nesta quinta-feira (11/06) e deverá permanecer até o final da noite de sábado (13/06). Durante a ação será realizada a aferição da temperatura e desinfecção dos veículos. Também serão aplicados questionários e realizadas orientações para todos os visitantes.

 

O QUE ABRE E FECHA NESTE FERIADO PROLONGADO

DIA

ABERTO

FECHADO

QUINTA-FEIRA (11/06)

FARMÁCIAS

POSTOS DE COMBUSTÍVEIS

COMÉRCIO EM GERAL

SETOR DE SERVIÇOS

PANIFICADORAS

SUPERMERCADOS

AÇOUGUES

RESTAURANTES

BARES

FEIRAS-LIVRES

IGREJAS

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO

 ÓTICAS

ACADEMIAS

SALÕES DE BELEZA

CLÍNICAS ESTÉTICAS E SIMILARES

ABERTO PARA DELIVERY

RESTAURANTE

SEXTA A DOMINGO

(12 A 14/06)

FARMÁCIAS

POSTOS DE COMBUSTÍVEIS

CONSULTÓRIOS MÉDICOS LOTÉRICAS

SUPERMERCADOS

AÇOUGUES

PANIFICADORAS

COMÉRCIO EM GERAL

SETOR DE SERVIÇOS

RESTAURANTES

BARES

FEIRAS-LIVRES

IGREJAS

MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO

 ÓTICAS

ACADEMIAS

SALÕES DE BELEZA

CLÍNICAS ESTÉTICAS E SIMILARES

ABERTO PARA DELIVERY

RESTAURANTE

CONVENIÊNCIAS

 

Créditos: https://www.tupa.sp.gov.br/noticia/6726/casos-de-coronavirus-na-regiao-aumentam-e-prefeitura-suspende-flexibilizacao-de-quinta-a-domingo.html

.