ALDEIA VANUÍRE TEM 3 CASOS DE COVID-19

Ação realizada na última quinta-feira, dia 27, na Aldeia Vanuíre, município de Arco-Íris, confirmou a contaminação de três indígenas pelo novo coronavírus (Covid-19).
Na aldeia, que possui 248 indígenas das etnias kaingang e krenak, foram aplicados 234 testes de coronavírus. A ação começou no período da manhã e terminou no fim de tarde.
Dos 234 testes realizados, três foram positivos para a Covid-19, sendo dois em adultos e um em uma criança. Os indígenas contaminados são pacientes assintomáticos e estão passando por um novo teste, o RT-PCR, padrão de referência para identificar a Covid-19.
Segundo informações, a ação realizada na última quinta-feira encerrou a testagem em todas as comunidades indígenas que fazem parte do Polo de Bauru.

Vale lembrar que o mutirão de testagens começou na cidade de Avaí, após a confirmação de um caso em uma indígena, na reserva de Araribá, onde todos os indígenas já foram testados. A reserva de Araribá é formada por quatro aldeias, onde vivem 650 indígenas, onde nove foram contaminados com a doença.
De acordo com as informações, nenhuma morte foi registrada em aldeias da região do Centro Oeste paulista por Covid-19. A testagem ocorre de forma conjunta com a Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena), Funai (Fundação Nacional do Índio), prefeituras e Instituto Butantã. O projeto prevê a testagem em 6 mil indígenas da região.

Funai
A Funai explicou que, no âmbito da pandemia de Covid-19, suas 39 Coordenações Regionais já distribuíram mais de 407 mil cestas de alimentos a comunidades indígenas de todo o País.  A força-tarefa mobiliza 450 servidores em prol da segurança alimentar das famílias em situação de vulnerabilidade social, contribuindo para que os indígenas permaneçam nas aldeias e evitem o contato com pessoas infectadas.
A fundação disse que já investiu cerca de R$ 27,8 milhões no combate ao novo coronavírus junto aos povos originários.  
Ainda no mês de março, a Funai já havia suspendido as autorizações para ingresso em aldeias indígenas e, atualmente, participa de 311 barreiras sanitárias para impedir a entrada de não indígenas nesses territórios.
Além disso, a Funai já entregou quase 63 mil kits de higiene e limpeza a indígenas, a fim de reforçar a adoção de medidas preventivas.
De acordo com a Funai, o órgão promove ainda diversas ações de orientação junto às comunidades sobre os protocolos de saúde.  Os servidores da fundação vêm atuando na conscientização dos indígenas para que eles evitem aglomerações e mantenham o isolamento social durante a pandemia.

Atendimento
Os indígenas contam ainda com uma Central de Atendimento específica para solicitações relacionadas ao combate à Covid-19 para que as demandas cheguem mais rápido aos órgãos competentes. As informações podem ser encaminhadas para os telefones (61) 99622-7067 e (61) 99862-3573, por meio de mensagem de texto e aplicativo WhatsApp, ou ainda pelo e-mailácovid@funai.gov.br.

Créditos: http://www.diariotupa.com.br/Noticias/noticia.php?aldeia-vanuire-tem-3-casos-de-covid-19&IdNoticia=21620&IdCategoria=5

.